6 vantagens das portas automáticas para hotéis

Bons serviços, comodidade e conforto são indispensáveis a qualquer hotel. Mas para oferecer uma excelente experiência de hospedagem não basta fazer o básico, é preciso pensar em cada detalhe, inclusive nos modelos de portas que vão recepcionar seus hóspedes. Nesse aspecto, investir em automação faz toda a diferença e vale a pena conferir todas as vantagens das portas automáticas para hotéis.

Não é à toa que as portas automáticas estão presentes nas principais redes hoteleiras do mundo. Elas valorizam o projeto arquitetônico do local, tanto pela praticidade que oferecem quanto pela beleza estética. Destacamos seis vantagens principais das portas automáticas para hotéis:

  1. possuem design moderno;
  2. são práticas e funcionais;
  3. reduzem custos com energia;
  4. oferecem mais segurança;
  5. promovem a acessibilidade;
  6. fortalecem a sustentabilidade.

Confira, em detalhes, a importância de cada um desses aspectos para a rede hoteleira!

1. Possuem design moderno

A primeira impressão de um hóspede ao entrar em um hotel deve ser a de encantamento. Essa sensação fará com que o visitante se sinta à vontade no ambiente e desfrute de uma experiência incrível desde o início. E a parte estética conta muitos pontos a favor nessa etapa. Afinal de contas, o primeiro contato é visual.

Um espaço com arquitetura marcante e design moderno causa impacto positivo. Cada detalhe importa: os materiais usados no projeto, a disposição dos móveis, a facilidade de acesso e, claro, a estética do ambiente. Entre os itens que ajudam a transmitir uma boa impressão o destaque vai para as portas automáticas, que aliam funcionalidade, beleza e tecnologia.

O vidro é um dos materiais mais utilizados na instalação de portas automáticas para hotéis. Trata-se de um material seguro, elegante e altamente eficiente, pois contribui para o melhor aproveitamento da iluminação natural. As portas automáticas podem estar presentes em diferentes ambientes do hotel, desde a entrada (lobby) até as dependências internas.

No lobby, as portas automáticas são indispensáveis, pois esse é um espaço de ampla circulação de pessoas. Para os hóspedes, que chegam com bagagens e crianças, a abertura e fechamento automatizados das portas é fundamental para que consigam transitar com facilidade e segurança.

Além disso, as portas automáticas, quando integradas ao projeto arquitetônico do lobby, representam sofisticação e modernidade. Dependendo das dimensões e da forma de fabricação, as portas automáticas podem transmitir a sensação de imponência, requinte e acolhimento, entre outros atributos.

Para isso, é importante avaliar, também, os tipos de acabamentos mais indicados para cada projeto. As opções e os recursos possíveis são inúmeros. O vidro utilizado na instalação da porta automática, por exemplo, pode ter acabamento folheado a ouro. Para encantar o hóspede desde a primeira impressão, cada detalhe importa.

2. São práticas e funcionais

Praticidade é essencial para hóspedes que chegam ao hotel transportando bagagens, crianças e até mesmo animais. Quanto mais facilitado e seguro for o acesso, melhor. Por isso, as portas automáticas são tão importantes para a rede hoteleira. A principal características desses equipamentos é a abertura e o fechamento automáticos, realizados por meio de sensores de presença.

Escolher bem o tipo de porta é fundamental para garantir a praticidade no acesso dos hóspedes. Os modelos de portas automáticas mais usados são:

  • deslizantes;
  • pivotantes;
  • telescópicas;
  • antipânico.

Cada modelo de porta oferece soluções específicas. Confira!

Deslizantes

As portas automáticas deslizantes são desenvolvidas para abrir lateralmente, correndo sobre trilhos. Por isso, ocupam menos espaço do que seria necessário para uma porta tradicional. Seu sistema é acionado por sensores ópticos, que devem estar programados para identificar a presença de pessoas e animais, independentemente do tamanho. Outro cuidado importante é ajustar corretamente a velocidade e o tempo de abertura e fechamento das portas.

Pivotantes

Também dotadas dos sistemas de sensores que automatizam o processo de abertura e fechamento, as portas pivotantes são reconhecidas como “portas de abrir”, porque abrem para dentro ou para fora. Assim, ao escolher esse modelo é preciso avaliar o espaço necessário para o seu correto funcionamento. Também é necessário observar os cuidados com programação dos sensores e ajuste de tempo e velocidade.

Telescópicas

O método de funcionamento das portas automáticas telescópicas é semelhante ao das portas deslizantes, pois funcionam no sistema “de correr”. A diferença é que as telescópicas deslizam mais de uma folha por vez. Dessa forma, é possível aumentar ainda mais o vão de passagem, otimizando ao máximo o espaço. São recomendadas, principalmente, para lugares com área muito limitado ou para ambientes em que há grande circulação de pessoas, por isso, são muito adotadas em projetos para rede hoteleira.

Antipânico

As portas automáticas antipânico são indicadas para ambientes com grande concentração de pessoas. Em hotéis, por exemplo, esse sistema é o ideal para as portas de entrada em centros de eventos, pois seu mecanismo realiza a abertura completa do vão de passagem. As portas antipânico funcionam automaticamente no método deslizante, mas elas são dotadas de dispositivo de segurança, que permite a abertura manual em caso de emergência.

O ideal é desenvolver um projeto customizado, considerando as características arquitetônicas de cada ambiente do hotel, a fim de aproveitar ao máximo todas as funcionalidades oferecidas pelas portas automáticas.

3. Reduzem custos com energia

O uso de portas automáticas está associado ao menor consumo de energia elétrica, resultando em redução de custos para hotéis. Essa economia é possível porque o sistema de automação das portas ajuda a preservar a climatização do ambiente. Como o sistema abre e fecha automaticamente, não há risco de que as portas fiquem abertas por muito tempo, diminuindo, assim, a potência e o acionamento do ar-condicionado e, consequentemente, a necessidade de manutenção desses equipamentos.

Vale destacar que as portas automáticas podem ser fabricadas em diferentes tipos de materiais, como madeira, aço, vidro, alumínio, entre outros. Nos projetos que buscam maior eficiência energética, as portas automáticas de vidro são as mais recomendadas, pois além de apresentarem as vantagens decorrentes da automação (como a preservação da temperatura ambiente) têm uma vantagem adicional: permitem o melhor aproveitamento da luz natural, reduzindo a necessidade de uso de lâmpadas e sistemas de iluminação.

4. Oferecem mais segurança

O sistema de funcionamento das portas automáticas ajuda a melhorar a segurança da rede hoteleira. Para os hóspedes, o mecanismo automatizado, quando associado a sensores corretamente programados, assegura uma circulação sem atritos e livre de riscos. Mas esses equipamentos podem conter itens de segurança adicionais, seja na fabricação de suas estruturas ou na inclusão de componentes de controle de acesso. Na parte estrutural, por exemplo, é possível blindar as portas automáticas de vidro.

Existem, ainda, variados dispositivos de controle de acesso, que podem ser utilizados para limitar a entrada de pessoas não autorizadas em determinados ambientes. É o caso de recursos como biometria e cartão magnético, por exemplo. Vale observar que esse já é um sistema bastante conhecido das redes hoteleiras, sobretudo, na gestão do acesso de hóspedes e visitantes aos quartos dos hotéis. Esses mesmos mecanismos podem ser utilizados nas portas automáticas, aumentando a sua segurança.

Outra forma de usar portas automáticas para aumentar a segurança é adotar o sistema de portas intertravadas. Esse mecanismo consiste na instalação de duas portas, uma na sequência da outra, sendo que a primeira abre normalmente com a ativação do sensor de entrada. A outra só é aberta quanto a primeira já estiver fechada ou apenas quando um funcionário do hotel autorizar o acesso.

As portas intertravadas podem ser utilizadas no período noturno, reduzindo riscos de abordagens criminosas. Além disso, elas criam uma barreira adicional de proteção contra ruídos, entrada de poeira e mudanças de temperatura.

5. Promovem a acessibilidade

Pessoas com deficiência ou com mobilidade reduzida dependem de recursos que facilitem o acesso aos hotéis. As portas automáticas, quando associadas a outros cuidados (como as rampas), promovem a acessibilidade, permitindo que qualquer pessoa, independentemente da dificuldade enfrentada, possa entrar e sair do ambiente com facilidade.

É importante destacar que promover a acessibilidade não é apenas um gesto de respeito, mas, também, uma obrigação. A exigência está prevista no Estatuto da Pessoa com Deficiência e já foi regulamentada por meio de decreto presidencial, definindo que qualquer serviço de hospedagem (hotéis, pousadas, pensões, hostels etc.) deve oferecer condições de acessibilidade a todas as pessoas.

A utilização de portas automáticas facilita o cumprimento dessa regra, mas, para isso, é importante que o projeto seja desenvolvido considerando as dimensões adequadas para a circulação de cadeiras de rodas, além de outros aspectos fundamentais, como a programação correta dos sensores ópticos, por exemplo.

6. Fortalecem a sustentabilidade

A preocupação com o meio ambiente também é um fator decisivo para os hotéis, acompanhando uma tendência que é mundial. Esse é um cuidado que garante boa percepção dos hóspedes e que pode, inclusive, resultar em um desempenho financeiro melhor. Um estudo feito pelo Centro de Pesquisa sobre Hospitalidade, da Universidade de Cornell, constatou que hotéis espanhóis com certificação ambiental são mais rentáveis, apresentando um lucro acima da média para o setor.

Uma das principais certificações ambientais concedidas às empresas é a ISO 14001:2015, que prevê mecanismos de proteção ambiental que podem ser incorporados à gestão das organizações. Os hotéis estão entre os estabelecimentos mais beneficiados por essa norma, que, ao ser implantada, promove a utilização racional de recursos naturais, diminuindo consideravelmente os custos para o negócio.

Existem, também, outros selos sustentáveis, como a certificação LEED, ou Leadership in Energy and Environmental Design, concedida apenas a construções que tenham sido projetadas respeitando uma série de critérios ambientais – entre eles, a eficiência no uso de recursos hídricos, o uso racional de energia e a reciclagem de materiais.

As portas automáticas para hotéis estão alinhadas às principais tendências para o setor. Hoje, elas são um investimento indispensável às redes que querem ganhar eficiência e conquistar mais clientes.

O uso das portas automáticas para hotéis não precisa (nem deve) ficar restrito à entrada do local. Continue no nosso blog e saiba como escolher portas automáticas para ambientes internos.

 

Leave a Reply

Your email address will not be published.